Pin It button on image hover

Pavlova

Mais uma pavlova no meu blog!
Basta ter umas claras a mais e a precisarem de ser gastas, e lá vem a desculpa perfeita para fazer esta delicia...




200 g de claras (mais ou menos de 3 ovos)
400 g de açúcar (coloco sempre o dobro do peso das claras)
1/4 colher de chá de cremor tártaro
Morangos q.bCompota caseira de morango
Decoração: Vahiné (corações)






Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Num tabuleiro forrado com papel vegetal, coloque o açúcar de forma uniforme, e leve ao forno até que as bordas comecem a querer caramelizar. Retire e reduza a temperatura do forno para os 100ºC.

Entretanto, bata as claras em velocidade média, com uma pitadinha de sal. 
Quando a espuma começar a ficar mais consistente, adicione o açúcar reservado e a pouco e pouco. juntamente com o cremor tártaro, enquanto vai batendo agora na velocidade media/alta, até ficarem com picos firmes mas pegajosos e brilhantes.
Sobre o mesmo papel vegetal onde colocou o açúcar, coloque agora o merengue com a ajuda do saco pasteleiro (usei este da tupperware que é fantástico) e dando-lhe a forma de círculo.




Leve ao forno por cerca de 1 hora.




Dica:Não abra nunca, a porta do forno durante a cozedura.
Desligue depois o forno e deixe a pavlova arrefecer lá dentro. Só quando estiver totalmente frio é que a pode retirar. 
Dica:O ideal é fazer à noite e deixar durante a noite inteira no forno e só depois a retirar.

Decore a sua pavlova a gosto, eu decorei com morangos e um pouco de compota e os corações de açúcar da Vahiné.



Beijinho e uma doce Quarta-feira!

1 comentário:

Obrigada pela visita. Voltem sempre!