Pin It button on image hover

Pudim Flâ de Pêssego

BOM DIA!!!
A receita de hoje (docinha e deliciosa, por sinal) veio do blogue da Sãozinha o "Rapa Tachos" quem não conhece pois claro...A receita está lá eu deixo tão somente a foto do meu.
Adorei o aspecto daquele pudim e imaginei que, com o sabor da fruta devia ser ainda melhor. E não me enganei por isso aqui estou a comprovar a delicia de pudim que é e, a partilhá-lo convosco, pois recomendo-o a 100%. Obrigado à São que como sempre, só partilha coisas boas e deliciosas.
 Da próxima vez, irei experimentar também com polpa de manga, o que acham?




Rosquinhas Doces

Estas rosquinhas são deliciosas e não estiveram no prato  muito tempo hehehe. A receita é antiga e da minha mãezinha, espero que gostem:


3 ovos inteiros
4 colheres de sopa de manteiga (amolecida)
100gr de açúcar
2 colheres de sopa de leite condensado
1 pitada de sal
1 pitada de canela
1 copo de leite
Raspas de limão
Uns "salpicos" de aguardente
1 colher de fermento em pó
Farinha trigo até ficar uma massa leve mas moldável

Misture bem todos os ingredientes, acrescentando por último a farinha e o fermento.
Quando a massa estiver no ponto, soltando-se das mãos, leve ao frigorífico por 30m. Forme com a massa rolinhos e una a ponta em estilo de laço. Frite em óleo (não muito quente).
Depois de fritas as rosquinhas de ambos os lados, tire o excesso de óleo em papel absorvente e  passe-as por açúcar em pó. Acompanhe com uma bela caneca de cha.

TENHAM UMA  FELIZ QUARTA-FEIRA !
BEIJINHOS!

Crumble de Pescada

Olá amigas, não me canso de vos agradecer pelas participações ao meu passatempo "O meu Aniversário, o vosso Bolo", obrigado uma vez mais pelo carinho embora  a tarefa esteja mesmo difícil e dificultada por vós hehehe.

A receita de hoje teve a inspiração vinda  daqui e depois foi só dar largas à imaginação  e acrescentar o meu toque especial.  Fica um prato perfumado e delicioso, ora vejam:


2 embalagens de medalhões de pescada
1 alho francês
Azeitonas pretas descaroçadas
2 a 3 pães pequenos e duros
1 cebola pequena
2 dentes de alho
Tomilho q.b
1 ramo de salsa
Gengibre em pó
1 colher de chá de cardamomo
Limão
1 pacote de natas
Azeite q.b.
Sal e pimenta moida q.b.

Tempere antecipadamente os medalhões com sal, pimenta, gengibre, cardamomo e o sumo de limão.
Na picadora comece por picar o pão, depois o alho francês, as azeitonas com o alho e a cebola, tudo separadamente e de forma grosseira. Numa tigela larga juntar todos os ingredientes picados e envolver com azeite. Temperar de sal e perfumar com o tomilho fresco e salsa picadinha.
Num tabuleiro de ir ao forno, colocar os medalhões escorridos da marinada. Cubra-os com as natas e polvilhe a mistura de pão por cima. Levar ao forno pré-aquecido a 180.ºC cerca de 30 minutos ou até a cobertura estar douradinha. Acompanhei com batatinhas fritas aos cubos.


BEIJINHOS E TENHAM UMA ÓPTIMA TERÇA FEIRA!!!

Bife de Frango à Tété

Em todas as refeições, há um ou outro ingrediente que podem de facto fazer toda a diferença, isto a par da qualidade dos produtos utilizados, claro está.
Na receita que vos trago hoje, e apesar de simples foi a manteiga que a tornou ainda mais deliciosa.
Falo das manteigas Tété que, além da embalagem linda e da excelente qualidade, tem um sabor delicioso e já não quero outras aqui em casa. Existe nas variedades de Vaca, Ovelha e de Cabra.
Foi precisamente a manteiga de Vaca que fez toda a diferença neste prato e receita que vos trago hoje, daí o nome que lhe dei e que é merecido.





Manteiga Tété, (o suficiente para cobrir a frigideira)
6 bifes de peito de frango
Sal, pimenta e sumo de limão q.b.
30g de manteiga de vaca Tété
1 colher de sopa de vinho branco
Sumo de 1 limão
2 ovos
Farinha q.b.
Pão ralado
Queijo parmesão ralado
Alho e Salsa em pó
Brócolos cozidos
Puré de batata caseiro, para acompanhamento





Comece por temperar os bifes a gosto.
Misture no pão ralado, o queijo, a salsa e o alho em pó.
Passe os bifes por farinha, ovo batido e depois pelo pão ralado e frite num pouco de manteiga (o suficiente para cobrir a frigideira).
Entretanto leve as 30 g de manteiga, o vinho branco e o sumo de limão ao lume e deixe que ferva e reduza um pouco.
No final e antes de servir, regue os bifes com o molho de manteiga e sirva com brócolos e puré de batata.




Beijinhos e uma Feliz Quarta-feira!

Strudel de Alheira e Maçã

Hoje trago-vos um Strudel Salgado e para o rechear, escolhi as alheiras a maçã e alguns espinafres que tinha no frigorífico com pressa de serem gastos.
Resultou tão bem, mas tão bem, que vou ter de fazer mais vezes pois a maçã e a alheira fizeram uma combinação fantástica o que fez com que o strudel ficasse bem delicioso.
Aqui ficam as fotos (que não ficaram perfeitas) e a receita que foi baseada e inspirada nesta do Chef Henrique Sá Pessoa, apenas com a diferença de ter adicionado as maçãs...






4 folhas de massa filo
Manteiga q.b para untar
1 cebola picada
1 dente de alho picado
2 alheiras topitéu, sem pele e esmagadas
100 g de folhas de espinafres
2 Maçãs reinetas em cubos
Azeite q.b.
Salada de rúcula para acompanhar





Faça um refogado com a cebola e o dente de alho picados. Assim que alourarem, junte as alheiras (retirada da pele e esmagadas), mexendo de vez em quando, de modo a ficarem envolvidas no refogado. Junte depois as folhas de espinafres e as maçãs em cubos. Assim que ambos amolecerem, retire do lume.


Estenda as folhas de massa filo com cuidado e unte-as, pincelado-as uma a uma com manteiga. Coloque umas sobre as outras e no meio coloque o recheio. Enrole a massa e no topo faça pequenos cortes. Pincele com mais um pouco de manteiga e leve ao forno num tabuleiro untado, por cerca de 20/25 minutos a 180º C.




Pizza de Arroz Selvagem com Rúcula e Queijo Mozarella

Bom dia!
A sugestão de hoje é uma espécie de pão ázimo, que transformei em base de pizza e que me surpreendeu pela positiva.






1 chávena de Arroz do Mundo Oriente Selvagem, cozido
5 c. de sopa de água
1 clara de ovo
1 dente de alho
1 c. de sopa, de linhaça
2 tiras de tomate seco em azeite
Azeite, sal e pimenta q.b.
Rúcula, pimentos e queijo mozarella ralado, para a cobertura, da Ferbar






Pré-aqueçer o forno a 200º C.
Unte bem com azeite, os lados e o fundo, de uma frigideira própria de ir ao forno.
Coloque o arroz selvagem e os restantes ingredientes na liquidificadora (excepto os que são para a cobertura),até obter uma pasta grossa.
Tempere de sal e pimenta e deite a mistura na frigideira espalhando-a bem.
Leve ao forno por 15 minutos, retire do forno e, usando uma espátula, vire a massa do lado contrário e asse por mais 15 minutos.
Está pronta quando a massa começa a afastar-se dos lados da frigideira.
(Por fora fica crocante e o interior fofo).


Retire do forno, polvilhe com o queijo mozarella ralado, tiras de pimentos e folhas de rúcula.
Cortar e servir!

Bolo de Azeite e Mel com Canela e Nozes

Numa casa cheia de filhos (4), e um marido também guloso, tem de haver sempre um bolinho para todos mimar.




3 ovos inteiros
200 g açúcar amarelo
60 ml azeite
4 c. de sopa, de mel
120 ml leite com 1 colher de sopa de sumo de limão
220 g farinha
2 c. de chá, de fermento em pó
1 c. de sobremesa, de canela em pó
1 pitada de flor de sal
100 g de nozes, picadas grosseiramente




Pré-aquecer o forno a 180º C. Untar muito bem a forma com manteiga e enfarinhar.
Misture o leite com o sumo de limão, reservar.

Colocar na taça, o acessório batedor e deitar os ovos inteiros.
Programar 3 minutos na Velocidade 4 a 37º C. Depois, e sem temperatura, programar manualmente mais 3 minutos na velocidade 4 juntando o açúcar, o mel, o azeite e o leite. Mistura-se as nozes picadas programando 15 segundos na Velocidade 4.
Por fim, junta-se a farinha peneirada com o fermento e a canela e o sal e envolve-se mais 15 segundos na Velocidade 4.
Deite na forma e leve ao forno por cerca de 35/40 minutos.


Filetes de Pescada ao estilo Asiático, em molho de Manteiga, Coentros e Limão


    Um prato delicioso e muito convidativo, tanto pelo colorido como pelo sabor maravilhoso!



    4 filetes de pescada ultracongelados
    1 c. de sopa, de azeite
    Sal e pimenta preta

    Molho:
    60 ml de água
    120 g de manteiga
    3 c. de sopa de pasta de pimentão doce
    1 pitada de gengibre fresco ralado
    1 alho francês
    1 ramo de aipo
    Sumo de 1 limão
    2 c. de sopa, de coentros picados Aromáticas Vivas





Tempere os filetes a gosto.
Aqueça o azeite numa frigideira. Cozinhe o peixe por 4-5 minutos de cada lado, ou até que este descole facilmente.
Entretanto faça o molho:
Coloque a água, a manteiga, o pimentão doce e o gengibre ralado numa panela e deixe levantar fervura.
Adicione depois o alho francês e o aipo ás rodelas e o sumo de limão e cozinhe por 2 minutos.
Pouco antes de servir, adicione os coentros picados.

Coloque a pescada no prato onde vai servir, regue generosamente com o molho.
Sirva com arroz branco ou batata frita, ás rodelas finas.


Crumble de Maçã com Compota de Abóbora

Uma das minhas sobremesas favoritas os Crumbles e onde usei as frutas da época.





Ingredientes para o recheio:
Compota de abóbora q.b.
3 maçãs sem caroço e em cubos
Sumo de 1 limão
2 c. de sopa de farinha maizena
4 c. de sopa de açúcar mascavado
1 pitada de canela

 

Ingredientes para a cobertura:
½ cháv. de Aveia em flocos
½ cháv. de farinha
½ cháv. de açúcar mascavado
6 colheres de sopa de manteiga sem sal
1 pitada de sal
½ c. de chá de cardamomo em pó
1/4 cháv.de avelãs picadas grosseiramente




Pré-aqueça o forno a 180 º C.
Pulverize com spray de cozinha ou manteiga, todos os frascos, tendo em atenção também os rebordos, porque é onde a fruta normalmente vai borbulhar. Coloque os frascos no tabuleiro do forno, reserve.
Numa tigela, misture todos os ingredientes para o recheio, com excepção da compota de abóbora.
No fundo de cada frasco deite uma colher bem cheia de compota e depois por cima a fruta até que fiquem quase cheios.
Numa outra tigela, misture todos os ingredientes para o crumble até que fique com consistência arenosa. Com a ajuda de uma colher, cubra a fruta com essa mistura, polvilhe com mais avelãs e leve ao forno a dourar por cerca por 20 minutos ou até que o recheio comece a borbulhar e o crumble esteja crocante e douradinho.


Bolinhas de Atum e Batata doce

Bom dia!
Começo a semana com mais uma receita e com a parceria, do Atum Bom Petisco.
De facto, estas latas e frascos contém um atum de alta qualidade e que nunca nos deixa mal. Salvam uma qualquer refeição e basta ter ideias para termo um jantar ou almoço deliciosos. É o caso destas bolinhas que serviram para gastar algumas batatas doces que tinha aqui e não sabia o que lhes fazer e só posso dizer que surpreenderam!




400 g de puré de batata-doce
400 g de Filetes de Atum ao Natural Bom Petisco
Miolo de duas carcaças
1 c. de sopa bem cheia, de coentros picados
1 ovo
1 pitada de sal
1 c. de chá de cominhos em pó Margão
1 c. de chá de gengibre em pó Margão
Meia chávena de cornflakes, ligeiramente triturados






Pré-aqueça o forno a 180 º C.

Misture o puré de batata doce com as lascas de atum, o miolo de pão, o ovo, os cominho e o gengibre. Envolva bem todos os ingredientes. Com as mãos enfarinhadas forme pequens bolinhas
Coloque as bolinhas numa assadeira untada com margarina e leve ao forno por 15 minutos, ou até ficarem douradinhas.
Acompanhar com uma bela saladinha!

Biscoitos de Chocolate e Avelãs

Os miúdos cá em casa ficaram viciados nestes biscoitos, e espero vos convençam e viciem  também (no bom sentido, claro)!





200 g de chocolate preto fondue (comprei do continente)
60 g manteiga
80 g açúcar
2 ovos
180 g de farinha
1 c. de sobremesa de fermento tipo Royal
1 pitada de flor de sal
Açúcar em pó
80 g de avelãs, picadas grosseiramente







Leve ao micro-ondas na potência máxima, o chocolate e a manteiga.
Bater os ovos com o açúcar até conseguir uma gemada com espuma. Aos poucos e com a ajuda de um fouet, juntar o chocolate derretido, mexendo bem. Peneire a farinha com o fermento e com o sal e envolva também na mistura. Finalmente adicionar as avelãs picadas grosseiramente.


Cubra a tigela com película aderente e coloque no frigorífico, para que endureça um pouco (eu deixei 2 horas).
Forme pequenas bolinhas com a ajuda das mãos, mergulhe no açúcar em pó e leve ao forno pré-aquecido a 180º, por cerca de 10/15 minutos.




Bolo de Feijão Preto e Chocolate

Bom dia!
Hoje trago-vos a receita de um bolo diferente, mas que considero dos melhores que já provei ultimamente.
Com ele festejo os 3 anos da página d´ O Barruiguinhas da querida amiga Lucia que nos propunha então uma receita original e que tivesse como um dos principais ingredientes, o chocolate. Mas para além disso leva outro ingrediente que surpreende mas não desilude, muito pelo contrário, e que é o feijão preto. Curiosas?
Ora vejam:





250 g de feijão preto, cozido Ferbar
3 ovos grandes
100 g de açúcar
50 g de maple sirup ou mel (opcional)
3 c. de sopa de cacau em pó
80 g de chocolate negro 70% de cacau (eu usei pepitas da Vahiné)
1 c. de chá de café instantâneo
1/2 vagem de baunilha, raspada
1 c. de chá de fermento em pó
1 pitada de sal




Pré-aqueça o forno a 180 ° C.
Coloque na liquidificadora, todos os ingredientes, excepto o chocolate negro. Triturar, até que adquira um creme liso (a massa fica liquida mas é normal).
Despeje a massa numa forma retangular, untada e polvilhada com cacau em pó, e sobre ela deite os pedaços de chocolate picado ou em pepitas.
Leve o bolo ao forno, a assar por cerca de 35/40 minutos.
Deixe que arrefeça completamente antes de desenformar. Decore a gosto.

Fica um bolo bem húmido, muito leve e acreditem delicioso....


Receita adaptada daqui