Pin It button on image hover

Bolo de Feijão Preto e Chocolate

Bom dia!
Hoje trago-vos a receita de um bolo diferente, mas que considero dos melhores que já provei ultimamente.
Com ele festejo os 3 anos da página d´ O Barruiguinhas da querida amiga Lucia que nos propunha então uma receita original e que tivesse como um dos principais ingredientes, o chocolate. Mas para além disso leva outro ingrediente que surpreende mas não desilude, muito pelo contrário, e que é o feijão preto. Curiosas?
Ora vejam:





250 g de feijão preto, cozido Ferbar
3 ovos grandes
100 g de açúcar
50 g de maple sirup ou mel (opcional)
3 c. de sopa de cacau em pó
80 g de chocolate negro 70% de cacau (eu usei pepitas da Vahiné)
1 c. de chá de café instantâneo
1/2 vagem de baunilha, raspada
1 c. de chá de fermento em pó
1 pitada de sal




Pré-aqueça o forno a 180 ° C.
Coloque na liquidificadora, todos os ingredientes, excepto o chocolate negro. Triturar, até que adquira um creme liso (a massa fica liquida mas é normal).
Despeje a massa numa forma retangular, untada e polvilhada com cacau em pó, e sobre ela deite os pedaços de chocolate picado ou em pepitas.
Leve o bolo ao forno, a assar por cerca de 35/40 minutos.
Deixe que arrefeça completamente antes de desenformar. Decore a gosto.

Fica um bolo bem húmido, muito leve e acreditem delicioso....


Receita adaptada daqui

Mousse de Abóbora e Cardamomo

A sugestão que vos trago hoje, é a desta deliciosa mousse de minha autoria e que ficou aprovada por todos aqui em casa. Fica super cremosa e acredito que vocês vão adorar.






1 kg de abóbora
800 g de água
1 lata de leite condensado Nestlé
80 g de amêndoa ralada
2 pacote de natas
2 gemas
1 pacote de gelatina neutra em pó, desfeita num pouco de água
1 c. de chá de canela em pó
4 a 5 sementes de cardamomo
Meia c.de chá, de noz-moscada
Folhas frescas de hortelã para enfeitar (opcional)




Colocar na taça do robot, a água e no suporte de vapor, a abóbora. Programar 30 Min/Vel.2 Temperatura máxima.
Retirar a água da taça, colocar a abóbora e as sementes de cardamomo (as sementes do seu interior) previamente picadas, e triturar 15 seg./Vel 7.
Juntar o leite condensado, meia chávena de natas, a amêndoa, a canela e a noz-moscada e programar 8 min., 90ºC, vel.3.
Ao faltarem dois minutos para terminar, junte a gelatina previamente desfeita num pouco de água e as 2 gemas, e deixar terminar o tempo.
Finalmente, programar 10 seg. Vel.5/7. Retire e reserve.
Na taça limpa, coloque as restantes natas com o acessório batedor/borboleta e, sem copinho, programar a vel.3 e 1/2 por 2 min. ou até que formem picos firmes.
Misture delicadamente o chantilly (reservando algum para a decoração), na mistura de abóbora até que esteja totalmente incorporado.
Deite a mousse em pequenos ramekins e leve ao frigorífico, por pelo menos 3 horas.
Sirva-a decorada com o chantilly reservado e enfeite com raminhos de hortelã.

Dica: Podem também servir esta mousse, enfeitada com nozes picadas.


Pãezinhos Doces Recheados com Doce

A Maria vai fazer uma festa e convidou os amigos a juntar-se a ela com receitas simples e praticas e eu, esperando não ser inconveniente, juntei-me aos demais e aqui estou com uma receita que vos pode parecer complicada mas que se faz num instantinho, acreditem!
Espero chegar bem cedo, entrar e apanhar ainda a Maria e os seus meninos, a tempo de comigo tomarem o pequeno almoço. Para o efeito escolhi estes "Pãezinhos Doces Recheados com Compota" e cuja massa faz lembrar as Bolas de Berlim e Donuts.
Espero que gostem, principalmente a Maria e os seus Fifis e que achem este post e receita, à altura pois fiz com muito carinho.
Juntem-se então à festa , eu já vou e bem cedo, pois quero ajudar a pôr a mesa com todas as iguarias, a enfeitar e florir o salão, conviver e brindar com todos, sabendo que esta festa vai ser inesquecível e para guardar no coração.

Parabéns Maria pelos 2 anos de Blog e que venham muitos mais cheios de boas partilhas que nos fazem felizes e aos teus "fifis", que vêem com toda a certeza, com muito orgulho, este teu percurso, beijinhos!




1 chávena de leite
2 ovos
3 c. de sopa de açúcar
1 colher de chá de sal
1 pacote de fermento biológico seco
2 c. de sopa de água quente
3 1/2 chávenas de farinha
2 c. de sopa de óleo
1 c. de chá mal cheia, de noz-moscada
Doce a gosto para o recheio, usei de framboesa
Açúcar em pó para polvilhar





Leve o leite ao lume até que fique bem quente mas sem deixar que ferva. Retire e deixe arrefecer até ficar morno.
Entretanto, numa tigela, misture o fermento com a água morna e uma pitada de açúcar. Mexa bem e deixe descansar por cinco minutos +ou -.
Colocar o fermento com a água, a farinha, o leite morno, o sal, o açúcar, a noz-moscada, os ovos e 2 colheres de sopa de óleo bater bem.  Na batedeira com as pás para massas, bata primeiro numa velocidade baixa e depois aumente, batendo a massa em velocidade alta por cinco minutos. A massa deve ficar leve e sem pegar nas mãos.
Coloque a massa numa tigela e cubra-a com um pano. Deixe a levedar em local quente por mais ou menos uma hora e meia.
Após esse tempo retire a massa e coloque-a numa superfície levemente enfarinhada.
Cortar pequenos círculos de massa utilizando a tampa de um frasco de vidro ou usando um cortador de bolachas.
Coloque duas colheres de chá de geleia da sua preferência, no centro de um círculo de massa.
Coloque um outro círculo de massa por cima e unir bem as pontas caso contrário abrirão durante a fritura.

Aqueça o óleo e frite a massa por mais ou menos, 4/5 minutos de cada lado ou até que fiquem bem douradinhos.Retire os donuts com a ajuda de uma escumadeira e coloque-os sobre papel de cozinha para que absorvam a gordura.
Assim que arrefecerem, polvilhe-os com açúcar em pó a gosto e sirva.


Beijinho e espero que gostem e experiemntem também!