Pin It button on image hover

Azevias com Recheio de Batata Doce, Amêndoa e Gila

Hoje venho deixar-vos a receita de família e que já faz parte do nosso Natal, as Azevias.
Isso ou corria o risco das festas passarem e não vos dar a oportunidade de as fazerem também, ou quem sabe para o réveillon (embora, confesso, sejam boas em qualquer altura do ano). 
Já o recheio, veio de uma querida amiga a Lília do "Em Ponto de Rebuçado" e confesso que foi um sucesso.
Fiquem então com esta delicia, típica do meu Natal e que, feita à mão ou com o robot de cozinha, vai brilhar de certeza na vossa mesa...





Massa:
50 g manteiga Primor
15 g azeite
120 g água
1 pitada de sal
280 g farinha

Recheio:
400 g de batata doce cozida
120 g de miolo de amêndoa
100 g de doce de gila
250 g de açúcar
65 g de água
1 c. sobremesa de canela em pó
Casca de 1 limão





Massa
Coloque no copo a manteiga e o azeite e programe 2 min/100°C/Vel 2.
Junte depois a água, a farinha e o sal e misture 20 seg/Vel 6.
Retire e deixe descansar por cerca de 2 horas.

Recheio
No copo do robot bem seco, coloque o açúcar, pulverize por 20 seg./Vel. 9, reserve.
Coloque a amêndoa no copo e pulverize também mas por 10 seg/ Vel 9, reserve.
Deite a água e o açúcar reservado no copo e programe 4 min/ Varoma/ vel 1.
Acrescente a batata doce cozida e programar 20 seg./Vel. 5-7-9 ou até ficar um puré bem cremoso e sem grumos.
Acrescente depois a canela, a casca do limão e o doce de gila e programe 4 min/100º/ Colher inversa/ Vel 1.
Junte a amêndoa reservada e programe mais 2 min/ 100º/ Colher inversa/ vel 1.

Deite o preparado num recipiente e deixe arrefecer completamente (podem se preferirem, fazer de um dia para o outro).

Numa superfície polvilhada com farinha, estenda a massa, o mais fina possível, com a ajuda de um rolo e recheie com o creme de batata doce e amêndoa.
Frite em óleo quente e coloque depois as azevias sobre papel absorvente.

Dica:Só quando arrefecerem um pouco as devem envolver em açúcar e canela.

Muffins de Rabanadas Com Gelado de Café

Deliciosos e uma maneira diferente de apresentarem as famosas rabanadas. Experimentem!






3 ovos grandes
Meia cháv. de leite
2 c. de sopa de açúcar mascavado
2 c. de chá de canela
5 fatias de pão de véspera, cortado em cubos (eu usei um pãozinho de trigo integral)
Mel q.b. ou Maple Syrup para a decoração
Gelado de café




Pré-aqueça o forno a 180º C.
Numa tigela coloque todos os ingredientes, excepto o pão e bata bem.
Mergulhe agora sim na mistura, o pão em cubos e deixe a amolecer por uns minutos.
Distribua os pedaços de pão, ligeiramente escorridos, pelas forminhas de muffins, calcando bem.
Leve agora ao forno a assarem, por cerca de 20/25 minutos.
Retire, e deixe que arrefeçam em cima de uma grelha e só depois, regar as rabanadas com o mel ou Maple Syrup.

Acompanhe com uma bela bola de gelado de café e deliciem-se...



Sopa de Grão e Legumes

E como ando de vez em quando a ser acusada de só publicar coisas doces (risos) aqui fica hoje esta sopinha, coisa que nunca falta em qualquer das minhas refeições. 
Simples e reconfortante!





1 cebola
2 dentes de alho
Azeite q.b.
1 folha de louro
1 lata de grão cozido
1 talo grande de aipo
1 cenoura
1/2 cháv. de raminhos de couve-flor
2 c. sopa de ervilhas
1 c. de chá de colorau
Sal a gosto
Massinha a gosto
Tiras de pimentão assado
Folhas de rúcula q.b.



Numa panela com um fio de azeite, coloque a cebola os alhos picados e a folha de louro e deixe refogar um pouco. Junte o colorau e regue com a água que seja suficiente e deixe que ferva.
Deite os legumes cortados em cubos (aipo, cenoura couve-flor e outros a gosto). Baixe o lume e cozinhe até que fiquem quase tenros, altura em que deve adicionar a massinha para que coza também. Rectifique de sal e, quase no final junte depois as tiras de pimento assado e o grão. Deixe apurar mais um pouco, rectificando de novo os temperos e pouco antes de apagar o lume, deite as folhas de rúcula.
Sirva bem quentinha e console-se com esta sopa deliciosa!

Prato e tigela by Oficina da Formiga

Beijinho e bom fim de semana!

Pãezinhos Recheados com Creme de Baunilha e Passas

Para o lanche dos miúdos mas também dos graúdos, aqui ficam estes pãezinhos que acho fantásticos e super fofos. Anotem a receita e façam e garanto-vos que não se vão arrepender...






120 ml de leite morno
1 cubo de fermento fresco de padeiro
1 c. de chá de açúcar 
500 g de farinha de trigo
80 g de açúcar
60 g de manteiga, amolecida
1 pitada de sal
1 ovo
Meia cháv. de leite
2 pudins de baunilha
700 ml de leite
Açúcar a gosto
100 g de uvas passa
1 ovo para pincelar






Massa: 
Junte numa tigela, os 3 primeiros ingredientes. Misture bem e deixe a repousar por cerca de 15 minutos.
Numa outra tigela, misture a farinha, o açúcar, o sal, o leite aquecido, o ovo e a manteiga e adicione depois, o preparado de fermento anterior. Polvilhe com um pouco de farinha, cubra com um pano e deixe crescer em local aquecido, por cerca de uma hora.

Enquanto isso, prepare o pudim, para que ele depois arrefeça e seguindo as instruções da embalagem, apenas com a diferença de que ao invés de um litro de leite, usamos apenas 700 ml. Adicione o açúcar a gosto e, imediatamente antes de apagar, junte as uvas passa. Reserve até arrefecer completamente.

Transfira a massa para a banca da cozinha que deve estar enfarinhada.
Estenda-a com a ajuda de um rolo e dando a forma de um rectângulo com uma largura de cerca de 1 cm.
Por cima, coloque o pudim uniformemente e enrole a massa até formar um rolo comprido. Corte em fatias de cerca de 1 cm de largura e coloque-os depois num tabuleiro de ir ao forno, forrado com papel vegetal.
Pincele-os com o ovo batido e deixe a repousar, por mais 15 minutos.
Ligue o forno a 180º C e deixe que cozam por cerca de 15 minutos, ou até dourarem o suficiente.


Beijinho e uma Feliz e Doce Quarta-feira!

Pudim de Chia com Dióspiros

As sementes de Chia são ricas em fibras, ácidos gordos, ómega e muito mais, excelentes para a digestão e desintoxicação do organismo. E vejam só, como fazem tão rapidamente um delicioso e saudável pudim...





1 ½ c. de sopa de sementes de chia
½ cháv. de leite de coco
Mel a gosto
1 pitada de flor de sal
1 dióspiro em cubos
Canela q.b. (opcional)





Junte ao leite, as sementes de chia, o mel e a pitada de sal. Deite num frasco com tampa e agite bem.
Deixe a descansar no frigorífico por pelo menos 2 horas ou durante a noite, agitando de vez em quando.
Antes de servir, cubra com os cubos de dióspiro, regue com mais um pouco de mel (opcional) e polvilhe com um pouco de canela (opcional).

Beijinho e uma feliz semana!

Doce de Requeijão e Amêndoas

Esqueçam por momentos, as calorias que contém, e desfrutem ao máximo deste doce que é simplesmente....decadente!





300 g de açúcar
1 requeijão de vaca Tété
150 g de amêndoa moída
10 gemas
Frutos vermelhos para decorar




Bata bem o requeijão, previamente esfarelado, juntamente com o açúcar. Adicione as gemas e bata mais um pouco e finalmente a amêndoa. Deixe a mistura repousar uns minutos e coloque-a depois em forminhas, untadas com manteiga.
Leve ao forno, em banho-maria, por cerca de 30/35 minutos.
Retire, deixe a repousar um pouco, ainda em banho-maria e desenforme enquanto ainda quentes.
Decore e sirva com frutos vermelhos.



Uma tentação, verdade?

Massa com Pescada em Molho de Coco

Uma massa cremosa e suculenta, envolta em pedaços de pescada...




Ingredientes:
600 g de Filetes de pescada, em cubos
2 dentes de alho, picadinhos
1 limão
1 cebola picadinha
2 Pimentos assados vermelhos
1 lata de leite de coco
Gengibre em pó, sal e pimenta a gosto
1 embalagem de esparguete milaneza picante
Salsa picada

Preparação:

Tempere os filetes com sal, pimenta, limão e alho, e deixe marinar por alguns minutos.
Numa panela refogue a cebola e alho, acrescente os quadrados ou tirinhas de peixe e deixe fritar levemente. Corte em tirinhas os pimentos assados e junte ao refogado. Tempere com gengibre e um pouco de sal. Por último acrescente o leite de coco e deixe cozinhar por uns minutos.
À parte coza o esparguete até ficar "al dente". Envolva a massa no molho com o peixe e sirva de imediato!

Bolo Citrico com Curd de Limão

Esta receita, conhecida por bolo "Mary Ann", vem de um blogue que eu adoro e sigo atentamente pois é impossível resistir a cada receita ali publicada. E a vontade, é a de fazer tudo, tudo mesmo acreditem. Falo d´ "A Cozinha Colectiva" e, embora tenha feito algumas alterações e nem tivesse a forma que é utilizada para este bolo, nada me impediu de me deliciar com ele.






3/4 de cháv. de açúcar
50 g de manteiga em temperatura ambiente
3 gemas
1 cháv.de farinha
2 c. sopa de farinha maisena
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal
1/2 cháv. de leite
1 colher de sopa, de raspas de limão

Para a calda:
1/3 de cháv. de açúcar
1/3 de cháv. de sumo de limão

Para o curd de limão:
Raspas de 2 limões
200 ml de sumo de limão
1 cháv. de açúcar fino
2 ovos mais 2 gemas
8 c. de manteiga sem sal, à temperatura ambiente

Groselhas frescas para decorar





Pré-aqueça o forno a 180º C.
Unte com manteiga e enfarinhe, a forma para o bolo. Reserve.
Bata bem o açúcar com a manteiga e as gemas, até formar um creme bem fofo e esbranquiçado.
Numa outra tigela, misture os ingredientes secos, o sal e as raspas de limão. Peneire 1/3 da mistura de farinha sobre a mistura de manteiga, mexendo bem, seguida de metade da quantidade do leite. Adicione mais 1/3 da mistura de farinha peneirada, o restante do leite e por fim o resto da farinha, mexendo bem, após cada adição.
Deite a massa na forma, sem encher demasiado ou correm o risco de verter para fora.
Leve ao forno por cerca de 20/ 25 minutos.
Retire do forno, deixe arrefecer por uns 10 minutos e só depois desenforme, sobre o prato de servir.
Enquanto o bolo está no forno, prepare a calda levando ao lume o açúcar com o sumo de limão, até a mistura ferver e o açúcar se dissolver completamente.
Depois de desenformar o bolo, pincele generosamente, a calda por toda a superfície do bolo.
Deixe arrefecer completamente.

Para o curd:
Numa panela, coloque o sumo e as raspas de limão assim como o açúcar e deixe que ferva e o açúcar se dissolva.Enquanto isso, numa tigela bata os ovos e as gemas. Adicione uma parte da mistura quente de sumo e açúcar à mistura de ovos, batendo sem parar. Volte tudo para a panela e cozinhe sem parar de mexer, em lume baixo, até engrossar e cobrir as costas de uma colher (cerca de 5 minutos). Deixe arrefecer por 10 minutos e junte o extracto de baunilha e a manteiga, uma colherada de cada vez, mexendo até esta se incorporar totalmente.

Cubra a cavidade superior do bolo com o curd ainda morno. Decore a gosto.
Reserve no frigorífico, até à hora de servir.


Beijinho e bom fim de semana! 

Biscoitos Canestrelli

Adorei fazer estes biscoitos e além disso são super fáceis de fazer... 
A curiosidade é que na massa, ao invés de ovos frescos juntam-se gemas cozidas. Ora vejam:






4 gemas cozidas
140 g de farinha
70 g de Fécula de batata
60 g de açúcar em pó
140 g de manteiga
Raspa de 1 lima ou limão
1 frasco de compota a vosso gosto




Corte a manteiga em cubos para uma tigela. Reserve.
Peneire a farinha com a fécula de batata e o açúcar em pó. Pressione as gemas cozidas, por um passador de rede fina.
No centro dos ingredientes secos, coloque a raspa de lima ou de limão e adicione as gemas cozidas em puré. Misturar os ingredientes com uma espátula, até obter uma mistura uniforme. Adicione a manteiga à temperatura ambiente, e incorporá-la também na mistura.
Quando estiver reduzida a migalhas, amasse um pouco com a mão, de modo a obter uma massa lisa e moldável. Achatar ligeiramente a massa com a mão e embrulhar em película aderente. 
Leve ao frigorífico por cerca de uma hora.
Pré-aqueça o forno a 150 ° C.
Polvilhar uma bancada com a farinha.
Coloque nela a massa e polvilhe com mais um pouco de farinha.
Achate a massa com a ajuda de um rolo, até conseguir uma altura máxima, de cerca de 5 milímetros.
Obter biscoitos da forma desejada, utilizando um cortador de bolachas.
Com a ajuda de um molde de tamanho mais pequeno ou a tampa de uma garrafa, faça um furo no centro de cada biscoito.
Coloque todos os biscoitos obtidos, num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno por cerca de 15 minutos.
Vire-os a meio do tempo, de modo a obterem uma distribuição uniforme de calor.
Retire, deixe que arrefeçam por completo e só depois recheie a gosto com a compota da sua preferência.


Antes de servir polvilhe-os com açúcar em pó.

Deliciosos para a hora do chá!

Ovos no Forno em Molho de Natas e Espinafres

Rico e delicioso, embora simples. Experimentem e deliciem-se com este prato!




Ovos (depende do numero de pessoas a servir)
1 c. de sopa de manteiga sem sal
1 cebola grande
1 alho francês
1 pacote de natas
1 c. de sopa de mostarda dijon
Raspa de noz-moscada q.b.
Queijo ralado emmental q.b.
1 cháv. de espinafres frescos ou congelados
Sal e pimenta preta q.b.






Lave e seque bem os espinafres (caso sejam frescos) se forem congelados, deixe que descongelem e escorra bem do excesso de água.  Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Numa frigideira, coloque a manteiga, leve-a ao lume e depois junte a cebola e o alho francês às rodelas. Tempere de sal e pimenta e cozinhe as cebolas, até que comecem a caramelizar. Adicione depois as natas, a mostarda e a noz-moscada.
Mexa bem de modo a mostarda ficar bem desfeita e deixe o creme engrossar um pouco.
Junte o queijo e os espinafres e mexa cuidadosamente, até misturar bem.
Tempere a gosto, reduza o lume e deite os ovos sobre a mistura.
Assim que a clara começar a ficar branca, leve a frigideira ao forno até dourar, e os ovos estarem cozinhados a gosto.

Foto de Receitas para a Felicidade.


Queijadas de Leite e Canela

Fáceis e rápidas de fazer e resultam numas queijadas maravilhosas e tentadoras!



800 ml de leite
Raspa de meia lima
300 g de açúcar
100 g de farinha
50 g de maizena
50 g de manteiga, amolecida
5 ovos
1 gema de ovo
1 pitada de canela
Margarina para untar




Untar as forminhas com manteiga ou spray de cozinha.
Ligar o forno a 180ºC. Deitar o leite e a raspa da lima num tachinho e levar ao lume até que levante fervura.
Peneirar as farinhas com o açúcar e a canela. Adicionar depois os ovos e, com a ajuda de um fouet, mexer muito bem.
Ir juntando o leite, aos poucos, enquanto se mexe.
Adicionar depois a manteiga e mexer de novo, até conseguir uma mistura bem cremosa.
Distribuir o creme pelas formas.
No fundo de um tabuleiro de ir ao forno, colocar um pano de cozinha e por cima dispor as formas.
Deitar água bem quente por cima e com muito cuidado, até que esta cubra metade da altura das forminhas. Levar ao forno, por cerca de 30 minutos ou até dourarem e estarem cozidas.
Com a ajuda de uma faca, desenformar e colocar as queijadas em forminhas de papel.


Resistem a uma dentada?