Pin It button on image hover

Bolo Conforto do Convento de Santa Clara

Esta receita do Convento de Santa Clara, era feita pela minha mãe por ocasiões especiais como aniversários, festas e por altura da Páscoa.
A receita estava também neste livro que guardo com muito carinho e que é das maiores doceiras do Alentejo, as manas Cardoso, de quem fui vizinha na minha adolescência.
Nem imaginam a sorte que tive e o privilegio de com elas conviver, deliciando-me com os seus doces tantas e tantas vezes o que me faz ainda hoje recordar com saudade, o cheirinho que vinha da cozinha delas hummmmm.....

Espero que gostem pois é um bolo que, embora calórico, é delicioso e a fazer lembrar o pão de ló embora mais denso.





500 g de açúcar
250 g de amêndoa ralada
300 g de doce de gila
300 g de farinha
10 ovos e 6 gemas

Receita do livro das Manas Cardoso






Pré-aqueça o forno a 180º C.
Bater bem as gemas com o açúcar até conseguir um creme fofo e esbranquiçado.
Junte depois a amêndoa, a farinha e o doce de gila ao preparado, envolvendo bem.
Finalmente junte as claras batidas em castelo firme envolvendo-as com muito cuidado.
Unte uma forma de bolo, com ou sem buraco e enfarinhe.
Deite o creme e leve o bolo ao forno a cozer.
Para saber quando esta pronto, faça o teste do palito.


Folar Doce do Alentejo

Páscoa que é Páscoa tem de ter a familia e na mesa o Folar. Eles podem ser salgados ou doces e confesso que a minha preferencia vai para os adocicados.
Aqui está o meu deste ano, receita alentejana e onde na massa colocamos um requeijão.
Ficou lindo, verdade?





400g de farinha (mas pode ser que leve um pouco mais)
1 saqueta de fermento seco Fermipan
120g de açúcar
2 ovos (e + 1 gema para pincelar)
150 g de requeijão Tété
100 g de manteiga ou banha
Sumo de uma laranja
120 ml de leite morno
1 colher de café de canela em pó
1 colher de café de erva doce (opcional)





Na Bimby:
Colocar no copo os ovos, o açúcar, a manteiga e o sumo. Programar 5minutos a 37º C na Velocidade 3.
Adicionar o requeijão, o fermento e o leite e programar 1 min., vel. 3.
Juntar a farinha e programar 40 seg., vel. 3 e de seguida 2 min., vel. Espiga.
Reserve a massa num alguidar e deixe a levedar.

Tradicional:
Num alguidar, deite a saqueta de fermipan e junte o leite morno.misture-lhe depois o açúcar, um ovo, o requeijão desfeito, a canela e a erva doce. Acrescente as gorduras e misture, envolvendo bem na massa.
Aos poucos vá agora juntando a farinha, até a massa ficar consistente e moldável.


Cubra o alguidar com um pano e deixe levedar em local quente durante 1 hora e meia.
Depois da massa bem levedada, polvilhe a bancada com bastante farinha, deite a massa sobre a bancada, polvilhe com farinha e amasse muito bem até que deixe de colar nas mãos. Se necessário, acrescente mais farinha.
Forme uma bola com a massa e retire 1/3. Com a parte maior, forme uma bola achatada.
Coloque num tabuleiro untado com manteiga ou num tapete de silicone e achate ligeiramente a massa. Com a massa restante forme duas tiras e cubra por cima em forma de cruz.
Pincele com a gema batida num pouco de leite e leve ao forno pré-aquecido nos 180º C, entre 40 a 50 minutos. Ao fim dos primeiros 15 minutos coloque sobre o folar, uma folha de aluminio e só retire 10 minutos antes de apagar, para que assim o folar não se queime por cima.

Rolo de Carne em Massa Folhada Com Arroz Basmati

Umas das receitas mais vistas e comentadas aqui do meu blog e que torno a publicar pois é sempre um sucesso aqui em casa, seja apenas para servir a família, ou para quando recebemos visitas.





Carne moída q.b.
Sal e pimenta a gosto
2 dentes de alho bem picadinhos
1 c. de sobremesa de Tandoori do Aromas e Especiarias*
Vinho Branco q.b.
1 colher de sopa de flocos de aveia
Pão ralado q.b.
Sementes de Papoila

Cobertura:
Ketchup (o suficiente para cobrir o rolo)
1 colher de sopa de açúcar mascavado
1 colher de sopa de mostarda
2 embalagens de massa folhada
1 ovo batido
Sementes de sesamo e de papoila
Folhas de salsa para enfeitar

Salada e Arroz Basmati com Caril,
da Easyrice/Novarroz







Pré-aqueçer o forno a 200º C.
Misture todos os ingredientes e deixe a marinar, regando com um pouco de vinho branco.
Forme um rolo com a carne reservada. 
Misture bem numa tigela, o ketchup com o açúcar mascavado e a mostarda e com esse creme, pincele todo a carne. Cubra depois o rolo com a massa folhada e pincele com um ovo batido e as sementes de papoila e sésamo. Enfeite com folhas de salsa.
Levar ao forno, por 1 hora ou até acharem que está ao vosso gosto.
Acompanhei com uma salada e Arroz Basmati com Caril da EasyRice, que fica pronto em 4 minutos, e foi o acompanhamento perfeito para este rolo.


Beijinho e votos de uma boa semana!

Muffins de Requeijão e Cebolinho

Foi numa ida ao Jumbo, que vi num folheto, designado como "receita saudável e nutritiva", esta receita que me chamou logo a atenção. Aqui fica o resultado: adorei!



Só vos digo que ficaram e ultrapassaram as minhas expectativas de tão bons e fofos.
Partilho por isso aqui a receita e as minhas fotos:


2 cháv. de farinha
1 requeijão
2 ovos
1/2 chávena de leite magro
3 colheres de fermento em pó
Cebolinho picado
Sal q.b.
Margarina q.b.

Peneira-se a farinha, o fermento e o sal num recipiente largo e reserve.
Misture na liquidificadora ou simplesmente com a ajuda de um garfo, o requeijão, o cebolinho, os ovos e o leite.
Com os dedos, abra um espaço no meio da farinha e misture aos poucos mexendo com cuidado,a mistura de ovos e requeijão. Deite a massa em pequenas formas untadas e enfarinhadas e leve ao forno a 200º C por 20 minutos.


Crinkles de Amêndoa e Limão

Finalmente filhos de férias e com tantos gulosos em casa, não há desculpa ou melhor, todas as desculpas são boas, para fazer bolachas, verdade?
Experimentem estas deliciosas crinkles, e vão ver como são deliciosas e todos vão adorar!












200 g de farinha
1 c. de sobremesa, de fermento Royal
100 g de açúcar
1 ovo
60 g de manteiga amolecida
1 queijinho fresco, Tété
Raspa e sumo de 1 limão
50 g de miolo de amêndoa
Açúcar em pó, para polvilhar





No robot de cozinha:
No copo coloque a borboleta e deite a manteiga amolecida, o ovo e o açúcar. Programar 3 min./37 º/Vel. 3 e 1/2. Adicionar o queijinho fresco, a raspa e o sumo de limão e programar mais 3min./Vel.3 e 1/2, sem temperatura.
Finalmente adicionar a farinha e a amêndoa e ligar seleccionando a Vel. 4, até que tudo fique bem envolvido.

Modo Tradicional:
Bater bem a manteiga com o açúcar. Juntar depois o ovo, o sumo e a raspa de limão e o quijinho fresco.
Juntar a farinha peneirada com a amêndoa e o fermento e envolver bem, de modo a conseguir uma mistura moldável e homogénea.

Envolver a massa com pelicula aderente e reservar no figorifico por pelo menos 30 minutos.

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Formar pequenas bolinhas de massa:


Passe as bolachas por açúcar normal e depois por açúcar em pó e leve ao forno por cerca de 10 minutos, colocando-as no tabuleiro com algum espaço entre elas pois sempre se estendem um pouco.
Retirar, e deixar arrefecer ligeiramente, antes de as transferir para uma grelha para que aí arrefeçam então por completo.



Beijinhos e uma boa semana para todas/os!

Sopa Dourada

Doce conventual, típico do Convento de Santa Clara e que se come um pouco por todo o pais.
A sopa dourada é, por exemplo, um dos doces mais populares na mesa de Natal em Portugal, sendo mesmo indispensável, na região norte. Já a receita, varia consoante a localidade onde é confeccionada – há regiões onde é feita com fatias de pão duro e outras, onde utilizam o também ele famoso, pão de ló e que servem de base, à confecção deste doce.

" Convento de Santa Clara, Que vulto fazes no ar. Que aos marinheiros no Mar, Deitas "pelo sinal"!
E o Sol desmaia na cal, da capela a branquejar, da Senhora do socorro, onde um dia sonhei me ir casar"

José Régio 

Apesar da quantidade de gemas e de amêndoas que leva, é também ao mesmo tempo, uma excelente forma de fazer aproveitamento de sobras de pão que possam ter em casa.

Aqui fica a minha receita da Sopa Dourada do Convento de Santa Clara 





1 fatia de pão duro (usei Alentejano) cortados aos cubinhos
1 c. sopa de manteiga
150 g de amêndoa ralada
1 colher de sopa de doce de Gila
250 g de açúcar
250 g de agua
8 gemas de ovos





Coloque no copo da Bimby, a manteiga e os cubos de pão e salteie programando 15 minutos, Varoma Rotação inversa/Velocidade Colher. Retire e reserve.
Coloque depois no copo limpo o açúcar e a agua e programar 18 minutos Varoma na Velocidade 3.
Junte o pão frio, o doce de gila e a amêndoa ralada e programe 10 segundos, Velocidade Colher Inversa.
Deixe arrefecer ate aos 60º C e depois, sem o copo medida, junte as gemas em fio pelo bucal, programando 5minutos a 100ºC, Velocidade Colher Inversa.
Retire e deite numa travessa de barro ou outra e sirva, ou polvilhado de canela ou com lascas de amêndoa, para dar mais crocância ao doce.