Pin It button on image hover

Biscoitos Canestrelli

Adorei fazer estes biscoitos e além disso são super fáceis de fazer... 
A curiosidade é que na massa, ao invés de ovos frescos juntam-se gemas cozidas. Ora vejam:






4 gemas cozidas
140 g de farinha
70 g de Fécula de batata
60 g de açúcar em pó
140 g de manteiga
Raspa de 1 lima ou limão
1 frasco de compota a vosso gosto




Corte a manteiga em cubos para uma tigela. Reserve.
Peneire a farinha com a fécula de batata e o açúcar em pó. Pressione as gemas cozidas, por um passador de rede fina.
No centro dos ingredientes secos, coloque a raspa de lima ou de limão e adicione as gemas cozidas em puré. Misturar os ingredientes com uma espátula, até obter uma mistura uniforme. Adicione a manteiga à temperatura ambiente, e incorporá-la também na mistura.
Quando estiver reduzida a migalhas, amasse um pouco com a mão, de modo a obter uma massa lisa e moldável. Achatar ligeiramente a massa com a mão e embrulhar em película aderente. 
Leve ao frigorífico por cerca de uma hora.
Pré-aqueça o forno a 150 ° C.
Polvilhar uma bancada com a farinha.
Coloque nela a massa e polvilhe com mais um pouco de farinha.
Achate a massa com a ajuda de um rolo, até conseguir uma altura máxima, de cerca de 5 milímetros.
Obter biscoitos da forma desejada, utilizando um cortador de bolachas.
Com a ajuda de um molde de tamanho mais pequeno ou a tampa de uma garrafa, faça um furo no centro de cada biscoito.
Coloque todos os biscoitos obtidos, num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve ao forno por cerca de 15 minutos.
Vire-os a meio do tempo, de modo a obterem uma distribuição uniforme de calor.
Retire, deixe que arrefeçam por completo e só depois recheie a gosto com a compota da sua preferência.


Antes de servir polvilhe-os com açúcar em pó.

Deliciosos para a hora do chá!

Ovos no Forno em Molho de Natas e Espinafres

Rico e delicioso, embora simples. Experimentem e deliciem-se com este prato!




Ovos (depende do numero de pessoas a servir)
1 c. de sopa de manteiga sem sal
1 cebola grande
1 alho francês
1 pacote de natas
1 c. de sopa de mostarda dijon
Raspa de noz-moscada q.b.
Queijo ralado emmental q.b.
1 cháv. de espinafres frescos ou congelados
Sal e pimenta preta q.b.






Lave e seque bem os espinafres (caso sejam frescos) se forem congelados, deixe que descongelem e escorra bem do excesso de água.  Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Numa frigideira, coloque a manteiga, leve-a ao lume e depois junte a cebola e o alho francês às rodelas. Tempere de sal e pimenta e cozinhe as cebolas, até que comecem a caramelizar. Adicione depois as natas, a mostarda e a noz-moscada.
Mexa bem de modo a mostarda ficar bem desfeita e deixe o creme engrossar um pouco.
Junte o queijo e os espinafres e mexa cuidadosamente, até misturar bem.
Tempere a gosto, reduza o lume e deite os ovos sobre a mistura.
Assim que a clara começar a ficar branca, leve a frigideira ao forno até dourar, e os ovos estarem cozinhados a gosto.

Foto de Receitas para a Felicidade.


Queijadas de Leite e Canela

Fáceis e rápidas de fazer e resultam numas queijadas maravilhosas e tentadoras!



800 ml de leite
Raspa de meia lima
300 g de açúcar
100 g de farinha
50 g de maizena
50 g de manteiga, amolecida
5 ovos
1 gema de ovo
1 pitada de canela
Margarina para untar




Untar as forminhas com manteiga ou spray de cozinha.
Ligar o forno a 180ºC. Deitar o leite e a raspa da lima num tachinho e levar ao lume até que levante fervura.
Peneirar as farinhas com o açúcar e a canela. Adicionar depois os ovos e, com a ajuda de um fouet, mexer muito bem.
Ir juntando o leite, aos poucos, enquanto se mexe.
Adicionar depois a manteiga e mexer de novo, até conseguir uma mistura bem cremosa.
Distribuir o creme pelas formas.
No fundo de um tabuleiro de ir ao forno, colocar um pano de cozinha e por cima dispor as formas.
Deitar água bem quente por cima e com muito cuidado, até que esta cubra metade da altura das forminhas. Levar ao forno, por cerca de 30 minutos ou até dourarem e estarem cozidas.
Com a ajuda de uma faca, desenformar e colocar as queijadas em forminhas de papel.


Resistem a uma dentada?

Caldo Verde com Couve-flor e Feijão Manteiga

Uma sopa tão típica e tão nossa, mas com algumas alterações. Ao invés de usar batata, usei a couve-flor e adicionei feijão manteiga, para engrossar e aromatizar o caldo.
Resultou numa daquelas sopas que apetece mesmo comer, que sacia e que é super reconfortante em dias mais frios.

Fica a sugestão...




1 couve-flor (1 cabeça média)
Meia colher de chá de cominhos em pó Margão
1/2 c. de sopa de paprica ou pimentão doce Margão
Sal e pimenta
3 c. de sopa de azeite
1 cebola picada
3 dentes de alho, picados
1 lata pequena de feijão manteiga
8 cháv. de caldo de galinha
1 chouriço
2 cháv. de couve ripada (própria para o caldo verde)





Pré-aqueça o forno a 200º C. 
Numa assadeira coloque a couve-flor em raminhos.Tempere com os cominhos, a paprika ou pimentão doce, um pouco de sal, pimenta e azeite, envolvendo bem.
Leve a assar por cerca de 30 minutos. Retire e reserve a couve-flor.
Refogue em azeite,a cebola até que esta fique dourada e translúcida. Adicione os alhos e refogue mais um pouco. Adicione a couve-flor e o caldo e deixe que ferva e reduza um pouco. Junte metade da lata do feijão e, assim que ferver de novo, retire e reduza tudo a puré.
Leve a sopa de novo ao lume e junte os restantes feijões da lata e a couve ripada para que esta coza e fique macia. Rectifique os temperos.
Enquanto isso, numa frigideira, frite rodelas de chouriço até que fiquem douradas e crocantes.
Retire a sopa do lume e sirva juntamente com as rodelas de chouriço e mais um fio de azeite.

Queijadinhas Simples de Amêndoa

Adoro quase tudo o que leve amêndoa e estas queijadinhas não são excepção. Diria mesmo, que são um vicio a cada dentada...





Massa para forrar as formas:
250 g de farinha
1 pitada de sal
1 c. sopa de manteiga, à temperatura ambiente
1 ovo
1 dl de água morna

Recheio:
200 g de manteiga
180 g de açúcar
180 g de amêndoa ralada
2 ovos
1 c. de chá de aroma de amêndoa
1 c. sopa de farinha











Pré-aqueça o forno a 170º C.
Junte e amasse bem todos os ingredientes da massa. Estique-a, o mais fina possível, e forre as formas (untadas e enfarinhadas). Reserve no frigorífico, por cerca de meia hora.
Leve as formas depois ao forno, a dourar por cerca de 15 minutos.
Entretanto, bata bem todos os ingredientes. para o recheio.
Findo o tempo no forno, retire e deite em cada forminha, um pouco de massa, sem encher demasiado.
Leve novamente ao forno, por mais 18 a  20 minutos.


Uma verdadeira delícia!

Boleima de Maçã e Figos


Uma receita que na minha terra é feita apenas com a junção da maçã mas que adaptei, juntando também outro fruto deste tempo: o figo,  de que eu tanto gosto. 
Espero que gostem desta minha experiência, que resultou numa boleima igualmente deliciosa!




Massa
500 g farinha, sem fermento
200 g leite
160 g óleo
1 pitada de sal
Recheio e cobertura da Boleima
100 g açúcar amarelo
400 g de polpa de figos
2 maçãs
Canela, para polvilhar q.b.
Açúcar amarelo, para polvilhar q.b.






Na Bimby:Deitar no copo, o leite, o óleo, o açúcar, o sal e a farinha. Programar 3 min. / vel. 3.
Dividir a massa em duas partes e, com a ajuda de um rolo, estender uma delas numa superfície enfarinhada. Colocar a massa, bem fininha, estendida no tabuleiro e calcar com a ponta dos dedos de forma a ficar bem esticada. Polvilhar, generosamente, com açúcar e canela. Cortar as maçãs em fatias finas. Lave bem os figos e retire a sua polpa, colocando-a por cima da maçã. Polvilhar com mais um pouco de açúcar e canela.
Estender a restante massa, também ela bem fina e colocá-la por cima das maçãs e figos.Calcar ligeiramente com a ponta dos dedos, polvilhar de novo com açúcar e canela e, ainda em cru, cortar a massa aos quadrados (tipo doses individuais).
Levar ao forno por cerca de meia hora, ou até ficar douradinha e a vosso gosto.


Beijinho e espero que gostem!