Pin It button on image hover

Toucinho do Céu


Se existe uma sobremesa conventual que eu adoro é o Toucinho do Céu. E, seja no Natal, dias especiais ou em aniversários de família, quase sempre tento colocá-lo na mesa.
No entanto, devido ao trabalho, quantidade de gemas, tempo de forno e por aí fora, nem sempre é tarefa fácil fazê-lo.
Mas isso acabou, desde que descobri este da Condi e agora, não tenho pretextos para não o fazer sempre que me apetece. Fica delicioso!






1 embalagem de Toucinho do Céu Condi
500 ml de leite
1 c. sopa de amêndoa torrada, para decorar
Caramelo líquido q.b.







Numa tigela e com a ajuda de um fouet, mexer bem o conteúdo da embalagem com o leite. Levar a lume brando, deixando ferver por cerca de um minuto, enquanto vai mexendo.
Deixe em taças ou forma forrada com caramelo líquido e deixe arrefecer. Sirva guarnecido com a amêndoa torrada (opcional).

Como podem ver, aqui está uma delícia e, feita em poucos minutos!


Marmelada de Maçã Reineta

Fica tão boa e deliciosa, quanto a de marmelo. Experimentem e vejam como tenho razão!






900 g de maçã reineta, já descaroçada e descascada
600g de açúcar
30 g de água
Casca e sumo de um limão
1 saqueta de Pectina Condi






Na taça da Companion com a lâmina de Amassar/Triturar, coloque o açúcar e a casca do limão. Triture na Velocidade 12 por 20 segundos. Programar 20 minutos a 120ºC na Velocidade 2. Retire  a tampa, junte a maçã reineta e o sumo do limão e programar mais 5 minutos na Velocidade 3.
De seguida triturar na Velocidade 12 por 30 segundos.
Finalmente e no programa Cozedura Lenta, seleccionar P1 por 15 minutos. A 4 minutos do fim, juntar a pectina Condi.
Retire para taças ou pirex, e depois de arrefecer cubra com papel vegetal.



Arroz de Manteiga na Companion

Este arroz não tem como sair mal!




1 cháv.de arroz (usei o Sabroz da Cigala)
1 cháv. e meia de água a ferver
3 nozinhas de manteiga
Sal q.b.




Coloque na taça da Companion, sem qualquer acessório, a água a ferver até atingir a marca dos 0,7l.
Forre o cestinho de vapor com papel vegetal:



Colocar o arroz na cesta juntamente com umas nozinhas de marnteiga e reserve
Introduzir a cesta dentro da taça e, por cima do arroz a chávena e meia de água quente.
Tempere a gosto com sal e feche o robot.
Seleccione o programa Steam reduzindo o tempo para 25 minutos. Ao fim de 15 minutos faça pausa abrindo a companion e, com a ajuda de um garfo, solte um pouco o arroz.
Feche de novo, continuando o programa até ao fim do tempo.
Prontinho  a servir e solto, soltinho, mesmo como gostamos cá em casa!


Espero que gostem e experimentem!

Wraps de Frango no Forno com Molho de Tomate

Vi esta proposta de hoje, num desses vídeos de receitas rápidas, e não me contive a experimentar.
Nem é preciso dizer, como ficou delicioso e foi uma forma de gastar uns panados de peito de frango que havia feito ao almoço...






6 wraps
Molho de tomate, de preferência caseiro
3 a 4 panados de frango (sobraram de um almoço)
1 queijo mozarella em pedaços (eu não usei)







Numa frigideira de ferro, disponha os wraps de forma a forrar fundo e lados. Por cima disponha os panados previamente fritos (eu usei uns que sobraram do almoço dessse dia). Regue com o molho de tomate (fiz um refogado de azeite com cebola e alho, juntei o tomate em pedaços deixei apurar bem e ainda juntei oregãos, triturar tudo no fim). Cubra com outro wrap e por cima, coloque as pontas dos restantes com que havia forrado a frigideira. Cubra com outra frigideira de ferro pressionando ligeiramente e leve ao forno, por cerca de 20 minutos a 180ºC.
Sirva de imediato!



Beijinho e uma feliz Quinta-feira!

Bolo de Coco e Leite Condensado

Um bolo simples, sem farinha e deveras delicioso!





1 lata de leite condensado (475g)
4 ovos (gemas separadas das claras)
150 g de coco
1 c. de chá de fermento
Raspa de um limão
Coco ralado, para polvilhar







Aqueça o forno a 180º C.
Na taça da Companion com o acessório batedor, coloque as claras e uma colher de sopa de açúcar. Bata por 5 Minutos na Velocidade 7. Retire para uma tigela e reserve.
Reite o acessório batedor e junte a lâmina de amassar/triturar e, sem lavar a taça, coloque agora as gemas, o leite condensado, o coco ralado, a raspa de limão e o fermento e seleccionar o programa Massas P1. Desligue, retire a lâmina e envolva as claras delicadamente, com a ajuda da espátula.
Leve ao forno por cerca de 30 minutos (aqui vai variar de forno para forno), ou faça o teste do palito.



Creme de Abóbora Pâtisson com Feijão Verde

Adoro esta sopinha e como fica cremosa , hummmm..





1  Abóbora Pâtisson
5 cenouras
1 nabo
1 curgete
Água q.b
Sal e azeite q.b.
200 g de feijão verde, cortado finamente (sem as pontas e fios laterais)
1 ramo de hortelã, fresca Aromáticas Vivas




Coloque na taça da CompanionXL com a Ultrablade, os legumes cortados em pequenos pedaços. Coloque a água, até cobrir todos os legumes, feche e seleccione o programa Sopas P1 por 50 minutos. Junte depois o feijão verde, finamente laminado e programar manualmente 100ºC, velocidade 2 por 8 minutos. No último minuto junte um fio de azeite a gosto, e sirva a sopa com umas folhinhas de hortelã.




Ficou super cremosa...

Papas de Carolo na Companion

Uma receita da Cátia Goarmon que adaptei à nossa Companion e ficou maravilhosa. A fazer lembrar o arroz doce e se o apreciam, então esta sobremesa vai com toda a certeza deliciar-vos também.




200 g de sêmola de milho
220 g açúcar
750 ml de água
1 pitada de sal
Casca de 1 laranja
1 l de leite gordo ou meio gordo (deve estar bem quente)
180 g de açúcar amarelo
Canela em pó, para polvilhar





Colocar na taça da Companion com o acessório misturador, a água, as cascas da laranja e o sal e programar 6 minutos, 120 ºC na Velocidade 4. Nos últimos 3 minutos, adicionar, através da tampa de vapor, a sêmola ou carolo de milho.
Adicionar o leite que deve estar quente, envolver com a ajuda da espátula e programar mais 12 minutos a 90ºC na Velocidade 5. A 3 minutos do fim juntar o açúcar amarelo.

Deite em tacinhas , deixar arrefecer um pouco e servir polvilhado com canela em pó.




Aqui ainda estava morninho, mas uma verdadeira delícia!

Pão de Pirex com Melhorante

Desde que um colega do meu marido lhe falou no melhorante para pão e que ao acrescentá-lo à massa, este ficava bem  mais fofinho e durava mais dias, que logo me pus a pesquisar  no google sobre este ingrediente. Já tinha ouvido falar nele claro, mas nunca me passou pela cabeça usá-lo pois normalmente só acrescentava o fermento. A verdade é que fica bom e come-se bem no próprio dia mas durar mais do que isso mantendo-se fofo, era complicado. Neste resolvi então acrescentar um pouco de melhorante e a diferença foi grande, ficando mesmo muito bom.
Aqui no Porto por exemplo podem encontrar o melhorante na Januário mas em qualquer loja da especialidade, não devem ter dificuldade em o encontrar também.







400 ml de água morna
800 g de farinha
8 g de fermento Fermipan
1 c. sopa de azeite
1 pitada de sal a gosto
6 g de melhorante para pão


Experimentem comer ainda quentinho, com um bom pedaço de queijo curado Tété


Juntar todos os ingredientes na taça da Companion, com o acessório Lâmina Triturar/Amassar, Seleccione 1 minuto, velocidade 4 . Deixar levedar, dentro da taça da Companion, por pelo menos 3 horas ou de um dia para o outro (foi o que eu fiz), e de preferência tapada com um pano ou cobertor.
Coloque a massa num pirex untado com azeite, e leve ao forno a cozer por 40 a 45 minutos, ou até acharem estar cozido a vosso gosto.


Beijinho e um Sábado Feliz!