Pin It button on image hover

Sobremesa Light de Chia e Gelatina de Groselha

Saudáveis e deliciosas estas tacinhas em que além da nova gelatina Light da Condi de Groselha (da qual estou fã), juntei também o pudim de chia. Foi a combinação perfeita!






1 colher de sopa bem cheia, de sementes de chia
1 cháv. de leite de coco ou aveia
1 c. de chá de mel
Frutos Vermelhos cogelados para decorar






Para o pudim de chia:
Juntar todos os ingredientes num recipiente de preferência com tampa. Guardar no frigorífico de um dia para o outro.

Gelatina de Groselha Condi:
Também de véspera, prepare a saqueta de gelatina,, dissolvendo o conteúdo em 250ml de água a ferver. Mexa bem, até o pó ficar bem dissolvido e só depois deve juntar outros 250ml de água fria, mexendo novamente. Coloque-a em tacinhas e leve a solidificar, ao frigorífico.
No dia seguinte mexa o pudim e distribua um pouco, por cada tacinha e por cima da gelatina.
Aguarde mais duas horas, e sirva (eu decorei com os frutos vermelhos).




Beijinho e um bom resto de Quinta-feira!

Torta Simples com Recheio de Creme de Ovos

Esta torta faz as delícias de todos aqui em casa e é perfeito para o lanche.
O único aspecto negativo, é que desaparece num instante (hehehe).





5 ovos
120 g de açúcar
80 g de farinha
1 c. de sobremesa de fermento em pó

Recheio:
Creme de Ovos:
1 c. sopa, de farinha maizena
180 g de açúcar
280 ml de água
8 gemas

Decoração: Coco ralado para decorar e pepitas azuis da Vahiné (opcional)







Comece por fazer o creme de ovos:
Coloque na taça da Companion com o acessório batedor, a colher de farinha, o açúcar, as gemas e a água e seleccionar o Programa Sobremesas a 95ºC, por 5 minutos e na velocidade 7.
Retire o creme para uma taça ou pirex, mexa vigorosamente e reserve para que arrefeça.
Pré-aqueça o forno a 180º C.
Unte com manteiga e enfarinhe, um tabuleiro rectangular e forre com papel vegetal, também untado.
Lave a taça e seque bem, assim com o o acessório batedor e deite as claras. Bata na Velocidade 7, por 6 minutos. Findo o tempo, retire as claras da taça e reserve-as também no frigorífico.
Troque agora o acessório pela lâmina amassar/triturar e junte o açúcar e as gemas e programar a Velocidade 7 por 3 minutos a 37ºC. Depois e sem temperatura, bater por mais 2 minutos na mesma velocidade.
Adicione a farinha e programar a Velocidade 8 por 30 segundos. Findo o tempo e agora com a ajuda da espátula, envolva delicadamente as claras em castelo na massa de ovos. Deite a massa no tabuleiro untado e leve ao forno a 180ºC,por 10 a 15 minutos.
Desenforme para cima de um pano húmido polvilhado com açúcar, e espalhe sobre a base parte do creme de ovos, enrolando depois com muito cuidado, enquanto vai apertando.
Deixe arrefecer a torta e cubra-a depois com o restante creme de ovos.
Opcional: cubra com coco ralado e pepitas azuis da Vahiné.


Beijinho e uma doce semana para todos!

Costeleta de Porco, com Maçã e Batata Doce

Quando se tem uns ajudantes maravilhosos a refeição torna-se muito mais pratica, rápida e o resultado final, não podia ser melhor...
Esta é a proposta de hoje que, apesar de simples, nos soube maravilhosamente bem!




4 costeletas de porco, não muito finas e com alguma gordura
Sal e pimenta preta moída na hora, Margão
Azeite q.b. Oliveira da Serra
3 Maçãs, grandes bem lavadas
4 batatas doces, cortadas a meio









Com alguma antecedência, tempere as costeletas com sal e pimenta moída na hora.
Na ActifryGenius sem a pá, seleccione o modo manual e coloque as maçãs polvilhadas com canela, cortadas em quartos ou inteiras e programar 12 minutos.


Para não perderem tempo, coloquem as batatas doces depois de bem lavadas e cortadas a meio, num pirex. Levar ao micro-ondas depois de bem picadas com um garfo, por cerca de 10 minutos.


Entretanto, ligue o seu OptigrillXL  e seleccione o programa carne de porco. Assim que a luz deixar de piscar, coloque sobre a grelha as costeletas pinceladas com azeite e deixe grelhar, até estas atingirem o ponto que mais gosta (mal, meio ou bem passado) e para isso, existe no Optigrill um indicador luminoso e sinais sonoros que nos permitem acompanhar o ponto de cozedura o que é fantástico.


Sirva as costeletas com a batata doce e a maçã, polvilhando tudo com alecrim seco (opcional).
Uma refeição simples mas verdadeiamente deliciosa!



Beijinho e um doce Sábado para todos!

Cheesecake com Gelatina de Groselha e Frutos Vermelhos

Depois de no último post, vos ter mostrado como fazer o famoso queijo creme tipo Philadelphia na Companionxl e ter até deixado uma sugestão salgada para barrar no pão, ao qual juntei alho e ervas aromáticas, hoje estou aqui com algo muito guloso:
um Cheesecake Gelatina de Groselha e Frutos Vermelhos



Base da Duuras em mármore


Base
300 g de bolachas (usei Speculaas)
120g de manteiga, sem sal amolecida

Recheio
300 g queijo creme (tipo philadelphia)
1 iogurte grego natural
200 g de açúcar em pó
6 folhas de gelatina incolor
200ml de natas
1 c. de sopa de sumo de limão


Cobertura:
1 saqueta de preparado de Gelatina de Groselha Condi  (preparada no dia anterior)
Frutos silvestres (usei congelados)






De véspera, prepare a saqueta de gelatina,, dissolvendo o conteúdo em 250ml de água a ferver. Mexa bem, até o pó ficar bem dissolvido e só depois deve juntar outros 250ml de água fria, mexendo novamente. Coloque-a num pirex redondo e leve ao frigorífico para que solidifique e ganhe consistência.
Triturar as bolachas na taça da Companion com a lâmina de amassar/triturar, juntamente com a manteiga, triturando na Velocidade 10 por 1 minuto ou até ficar tudo bem envolvido e a mistura se mostrar arenosa. Retire da taça e forre o fundo de uma forma de fundo amovível, pressionando bem a bolacha.
Entretanto, colocar numa tigela com água fria, as folhas de gelatina para demolhar e amolecerem.
Lave e limpe bem a taça da Companion e encaixe o acessório batedor. Junte as natas e a colher de sumo de limão e programar a  Velocidade 7 por 3 minutos. Vá espreitando e, quando estiver quase em chantilly, junte o queijo creme, o iogurte, o açúcar em pó e a gelatina, bem escorrida e desfeita numa colher de água quente. Bata mais dois minutos na mesma velocidade, até tudo ficar bem envolvido e a mistura homogénea.
Verta para a forma sobre a base de bolacha, alise e leve ao frigorífico até solidificar (pelo menos 4 a 5 horas ou deixe durante a noite).
Desenformar com cuidado.
Corte com os cortadores de bolacha (eu usei em forma de coração e estrela), a gelatina entretanto solidificada e decore a superfície do cheesecake. Polvilhe com mais balachas trituradas e decore com os frutos vermelhos a gosto.


Beijinho e doce Quinta-feira!

Queijo Creme Na Companion (tipo Philadelphia)

A minha querida Hélia partilhou a receita e eu não resisti a experimentar. E eis que não podia ser mais fácil, ter agora sempre à mão, o tão famoso queijo creme tipo "Philadelphia", muitas vezes utilizado em tartes, mousses, semifrios ou cheesecakes (receita que partilharei amanhã...



...ou mesmo para barrar e para isso, juntei a um pouco de queijo que reservei, alho em pó q.b. e ervas aromáticas secas da Margão. Ficou maravilhoso.
Espero que gostem da sugestão e experimentem também!




400 g de queijo quark
1 embalagem de 200g de natas ácidas (comprei no Aldi)
1 queijo fresco de cabra Tété (150 g)
250 g de manteiga, sem sal Primor
1 pitada de flor sal







Coloque dentro da taça da Companion com a lâmina de triturar/amassar, todos os ingredientes e programar 6 minutos a 70°C na Velocidade 6.
Retire para uma tigela (vai estar líquido mas é mesmo assim, pois só depois de bem frio e de estar no frigorífico umas horas, ele vai solidificar).
Agora é usarem em variadíssimas receitas!


Beijinho e feliz Quarta-feira!

Iscas de Cebolada

Hoje como sugestão, deixo aqui no blogue, mais um prato bem típico português, que além de simples e económico é delicioso.
Espero que gostem de mais esta partilha!




8 bifes finos de fígado de vitela (iscas)
4 a 5 dentes de alho
Q.b. de sal e pimenta moída na hora, da Margão
1 a 2 folhas de louro
2 c. de sopa de vinagre
3 c. sopa de vinho branco
5 chalotas e 1 cebola branca
4 c. sopa de azeite
1 c. sopa de banha





Tempere as iscas de sal e pimenta e junte os dentes de alho em rodelas e a folha de louro. 
Regue com o vinagre e o vinho branco e deixe marinar por 2 a 3 horas.
Entretanto e com a mandolina Borner, cortar as chalotas em rodelas finas.


Coloque numa frigideira o azeite e a banha e, depois de escorrer bem as iscas da marinada, colocar para fritar, deixando dourar de ambos os lados.
Retire as iscas para um pirex ou prato de sservir (pode ser de barro) e tape-as com folha de alumínio para que não arrefeçam. À mesma frigideira onde fritou as iscas, junta agora a cebola e as chalotas, até esta ficar translúcida e dourada. Junte mais 2 c. sopa de vinagre e deixe que ferva enquanto mexe, por 2 a 3 minutos Deite a cebolada sobre as iscas e acompanhe com batata cozida, ou frita em rodelas.

Beijinho e boa semana!

Couve-flor Picante na Actifry Genius

Estaladiça e com um toque picante, esta couve-flor é mais uma proposta que vos trago para fazerem na vossa Actifry
Nota se não tiverem a actifry (o que é pena), saltear na frigideira seguindo os mesmos passos e deixando fritar até ficar estaladiça e dourada.






1 couve-flor, pequena, em floretes ou pedaços pequenos
2 c. sopa de azeite
1 c. sopa de alho em pó
1 c. de sopa de molho de soja
1 c. de sopa de vinagre
1 c. sopa de tabasco ou outro molho picante




Numa tigela larga, misture o azeite com o molho de soja, o alho em pó, o vinagre e o tabasco.
Junte a couve-flor e misture-a bem na marinada de modo a absorver todos os ingredientes.
Deite esta marinada e couve-flor na cuba da Actifry, espalhando tudo de forma uniforme.
Cozinhar, usando o modo 7. Juntei também uns cubos de pão que ficaram tostadinhos, dourados e com sabor a alho, maravilhosos!


Sirva de imediato!

Tarte de Requeijão com Tomate Seco e Espinafres

Uma tarte/quiche, que se experimentarem não esquecerão tão cedo e vão querer fazer de novo. Fica e sabe deliciosamente. Vão receber visitas? Querem impressionar alguém que vos é especial?
Então esta é a sugestão que hoje vos recomendo, e deixo aqui no blogue...




1 base de massa quebrada
300 g de espinafre (usei congelado)
1 cebola pequena
50 g de manteiga
Sal e pimenta Margão, q.b.
1 c. de chá de noz-moscada, moída na hora
1 c. chá de coentros (folhas secas), Margão
400 g de requeijão Tété
1 pacote de natas, para cozinhar
50 g de queijo cheddar ralado, Kerrygold
3 ovos, levemente batidos
4 a 5 tomates secos em conserva (Ponti)



Os deliciosos requeijões Tété, são os meus eleitos e aqui estão eles, nesta receita!






Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Untar com manteiga e forrar um pirex (fundo e lados) ou forma redonda, com a base de massa quebrada.
Levar ao forno a cozer, por cerca de 5 a 7 minutos, a 200ºC.
Retire a massa do forno e reduzir agora a temperatura para os 180ºC.
Escaldar os espinafres em água fervente por uns minutos e depois escorrer bem ou espremendo-o com as mãos.
Numa frigideira, aqueça a manteiga e junte depois a cebola picada para que ganhe cor e fique translúcida. Junte os espinafres, tempere de sal, pimenta e com a noz-moscada e mexa deixando refogar mais um pouco. Retire e reserve.
Numa tigela amassar o requeijão e juntar depois o cheddar ralado. Bater os ovos com as natas e juntar os coentros secos e junte tudo á mistura de queijos, assim como o refogado de espinafres. Envolva bem todos os ingredientes.
Despeje esta mistura sobre a massa cozida. Corte os tomates secos em pedaços e coloque sobre a mistura. Leve ao forno a cozer, por cerca de 40 minutos a 180ºC.


Beijinho e bom fim de semana!