Pin It button on image hover

Sopas Secas com Hortelã


A receita de hoje é uma sobremesa tradicional aqui no norte de Portugal. Variando um pouco de terra para terra, é como o próprio nome o diz, feita com base numa economia de subsistência e em que é feito o aproveitamento do pão.
Uma das maiores curiosidades é que sendo uma sobremesa, as Sopas Secas Doces de tradição na região próxima do Porto, o pão era e é, normalmente mergulhado no caldo de cozer as carnes.
Eu, nesta minha versão e com as dicas da minha amiga Natália, fiz antes uma calda onde usei água, açúcar,vinho do Porto e canela como ingredientes principais. Espero que gostem e experimentem esta gulosa iguaria...




1 regueifa grande, com um ou dois dias
350 g de açúcar (usei amarelo)
700 ml de água
Raspa de 1 limão
1 cálice de Vinho do Porto
Folhas frescas de hortelã
Açúcar amarelo e canela em pó, Margão
2 gemas para pincelar
Raspa e sumo de meio limão







Pré-aqueça o forno nos 200º C.
Entretanto, corte a regueifa em fatias nem muito finas nem muito grossas ( com um a dois dedos de espessura).
Num tacho coloque a água, o vinho do Porto, o açúcar, o pau de canela e o sumo de meio limão. Retire do lume assim que obter uma calda leve, e junte então a hortelã. Reserve por uns minutos.
Numa taça,  misture cerca de meia chávena de açúcar amarelo com 2 colheres de sopa de canela mal cheias.
Forre o fundo de um prato de barro  com a mistura de açúcar e canela e depois vá dispondo as fatias de pão em camadas, enquanto as vai regando com a calda e polvilhando com mais açúcar e canela. Repita o processo, até terminar o pão. Regue bem a camada superior com a calda, pincele com as gemas e polvilhe de novo com mais um pouco de açúcar e canela.
Leve ao forno por 35 a 40 minutos, ou até o pão ficar bem dourado e tostadinho por cima.
Sirva com raspas de meio limão e decore com folhas frescas de hortelã (opcional).


Beijinho e bom fim de semana|

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela visita. Voltem sempre!